Requião, Gleisi e Lindbergh tomam “NÃO” de juíza e não poderão visitar o condenado

Os senadores Roberto Requião, Gleisi e Lindbergh estão tentando transformar o cárcere do corrupto e lavador de dinheiro em ponto de encontro da medíocre patota que o apoia.

Os três parlamentares pediram autorização judicial para visitarem Lula acompanhados de uma plêiade de políticos petistas.

O caso foi para a juíza federal Carolina Lebbos decidir, da 12ª Vara Criminal.

É evidente que ela negou. Afinal, Lula está na cadeia.

Também faziam parte da frustrada caravana os seguintes governadores: Tião Viana (PT-AC), Waldez Góes (PDT-AP), Flávio Dino (PC do B-MA), Camilo Santana (PT-CE), Wellington Dias (PT-PI), Ricardo Coutinho (PSB-PB), Renan Filho (MDB-AL), Paulo Câmara (PSB-PE) e Rui Costa (PT-BA).

Ainda bem que a negativa partiu de uma juíza, caso contrário, fosse decisão do juiz Sérgio Moro, diriam que é perseguição.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça