PSDB pode repetir com Aécio, o que PT fez com Delcídio e apressar a ida do senador para o xilindró

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (17) deixou o tucanato em polvorosa. Aécio réu, em decisão unânime.

Os estragos na eventual candidatura presidencial do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin estão explícitos.

Nesse sentido, o próprio Alckmin, na condição de presidente nacional do PSDB, está sofrendo virulenta pressão para que promova a expulsão de Aécio do partido.

O presidenciável tem relutado, mas caso continue empacado nas pesquisas, não terá como resistir à pressão.

O resultado de uma operação nesse sentido é Aécio não ter legenda para se candidatar e, ao final de seu atual mandato, perder o ‘foro privilegiado’.

Sem foro, é ‘cana’.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política