Comandante do Exército pede novamente a palavra e responde ao PT

O Comandante do Exército, General Eduardo Villas Boas, voltou a quebrar o silêncio nesta quinta-feira (19), em mensagem alusiva ao Dia do Exército, ele aproveitou para responder com firmeza aos petistas e membros de partidos afins, que o acusaram de atentar contra a democracia.

"Não podemos ficar indiferentes aos mais de 60 mil homicídios por ano; à banalização da corrupção; à impunidade; à insegurança ligada ao crescimento do crime organizado; e à ideologização dos problemas nacionais.
São essas as reais ameaças à nossa democracia contra as quais precisamos nos unir efetivamente, para que não retardem o desenvolvimento e prejudiquem a estabilidade.”
O general ainda menciona a eleição que se aproxima e diz que será o caminho para:
"agregar valores, engrandecer a cidadania e comprometer os governantes com as aspirações legítimas de seu povo. O Exército acredita nesse postulado.”

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política