Sob pressão e acuado, Toffoli nega liminar a Dirceu e prisão é iminente

Não obstante a chicana jurídica realizada pela defesa de José Dirceu para que o Habeas Corpus caísse nas mãos do ministro Dias Toffoli, a manobra não deu resultado.

A sociedade está atenta e Toffoli foi obrigado a indeferir a liminar.

Dirceu fatalmente será novamente preso.

Todavia, diferentemente do que se pensava, ainda há a possibilidade de mais um recurso e, assim sendo, a trajetória judicial do meliante no TRF-4 não está definitivamente encerrada.

Cabe mais um embargos de declaração, meramente protelatório.

Diante disso, é possível que José Dirceu ainda fique mais alguns dias em liberdade.

De qualquer forma, os prazos são curtos e o tribunal é ágil.

A prisão de Dirceu para o cumprimento de sua longa pena é questão de mais alguns dias.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça