Relegado a solidão, Lula assusta o advogado Zanin

O teor do bilhete de Lula é chocante.

O último bilhete enviado por Lula a militância foi assombroso.

Aquele homem otimista, vigoroso, que procurava enaltecer a sua energia e disposição, deu lugar a um homem solitário e introspectivo.

O próprio Cristiano Zanin teria percebido que Lula começa a entrar numa fase depressiva.

Na tentativa de reanimá-lo, ele próprio se encarregou de levar os filhos para visitá-lo.

Mas nada chocou tanto, quanto o teor do bilhete enviado na quarta-feira (18) à militância.

“Queridos e queridas companheiras,
Vocês são o meu grito de liberdade todo dia. Se eu não tivesse feito nada na vida, e tivesse construído com vocês essa amizade, já me faria um homem realizado. Por vocês valeu a pena nascer e por vocês valerá a pena morrer.
Lula.”
A preocupação maior é que a esperança que os próprios advogados haviam dado a Lula, de que seria libertado rapidamente, praticamente se esvaiu.

Por outro lado, no passado, Lula já teve noutra oportunidade, um quadro depressivo.

Na prisão, Lula não sai para tomar sol, só anda pela cela e assiste televisão.

Uma rotina depressiva.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política