O abjeto protesto dos artistas contra a condenação de Lula

Um grupo de velhos e velhacos, beneficiários da Lei Rouanet e das benesses da era PT, resolveu se insurgir contra a condenação do corrupto e lavador de dinheiro Luiz Inácio Lula da Silva.

Mais de 100 diretores e atores de cinema e teatro assinou um indecoroso manifesto contra a prisão de Lula.

Inacreditável que artistas se insurjam contra a aplicação da lei. Notadamente num processo em que o criminoso se valeu de todos os recursos disponíveis, utilizando em sua defesa os advogados mais caros do Brasil, inclusive um ex-ministro do STF.

Todos eles, os artistas, com indisfarçável vínculo com a algazarra petista, casos das atrizes Silvia Buarque, Andrea Beltrão e Bete Mendes, que foi até deputada federal pelo PT. E ainda os cineastas Luiz Carlos Barreto, Toni Venturi, Beto Brant, Claudio Assis, Walter Lima Jr e Laís Bodanzky.

Para fechar com 'chave de ouro' a infame manifestação, mandaram a seguinte frase: “Corrupção é a usurpação dos direitos consagrados na Constituição Cidadã de 1988”.

Na ótica dos insanos, roubar o dinheiro público não é corrupção.

Cumplicidade. É o que fazem...

 Fonte: Folha de S.Paulo

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política