Para o atento Vereza, Joaquim Barbosa beneficiou a quadrilha do PT

A aposentadoria precoce de Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal (STF) é algo que realmente não ficou bem explicado.

E a sua atuação no julgamento do ‘mensalão’, na época aplaudida, hoje é bastante questionada.

São fatos que devem ser considerados e analisados, caso a sua pretensa candidatura presidencial se consolide.

O ator Carlos Vereza, cabeça pensante e memória fotográfica, relembra um fato interessante, que Barbosa foi protagonista e que, caso sua atitude fosse outra, poderia ter modificado toda a história recente do Brasil. Muito mal teria sido evitado. Vejamos:

“Sobre Joaquim Barbosa: quando o publicitário Marcos Valério procurou o ex-ministro disposto a revelar os bastidores do assassinato de Celso Daniel, Barbosa o ignorou e não satisfeito, condenou-o a maior pena no julgamento do Mensalão: mais de 40 anos.
E, Marcos, era um elemento de ligação, não era o mais perigoso. José Dirceu e outros petistas, os Capos obedientes do Capo maior, Lula da Silva, escaparam da pena de formação de quadrilha graças a um voto do boquirroto Celso de Mello. Não esqueci.”

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política