Aécio, Alckmin e Serra, juntos, unidos, na delação da Andrade Gutierrez

Pouco, quase nada, dessa classe politica que se alterna há décadas no poder no Brasil conseguirá a salvação.

O PT já foi quase que inteiramente devassado. Lula está preso, Palocci está preso e José Dirceu deverá ser preso nos próximos dias.

Soltos, por enquanto, só aqueles que como Gleisi Hoffmann, Humberto Costa e Lindbergh Farias, detém o nefasto ‘foro privilegiado’.

No PSDB a limpeza poderá também ser geral. Após Aécio ser colocado na linha de tiro pela delação da JBS, a Folha de S.Paulo informa que a delação da Andrade Gutierrez, cujo alvo também foi o desmilinguido Aécio, deve atingir também Geraldo Alckmin e José Serra.

Os dois caciques serão pegos nas obras do metrô e do Rodoanel de SP.

É preciso que a Justiça avance com mais vigor sobre o patrimônio dos corruptos. Tem que tomar os bens, meter a mão no bolso. Nada será mais dolorido e pedagógico.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça