TSE pode estar facilitando uma grande fraude eleitoral em 2018 (Veja o Vídeo)

Riscos sérios a soberania nacional. Vídeo denuncia possibilidade de fraude eletrônica no processo eleitoral brasileiro. 

Em 2015 foi aprovada a Lei 13.165, que entre outras coisas, tornou obrigatório a impressão do voto na hora da votação.

O Professor Pedro Dourado de Rezende, professor de Ciências da Computação da UNB, faz uma grave denúncia: o TSE está possibilitando a fraude das próximas eleições brasileira,  ao abrir o código de segurança  criptografado de nossas urnas eletrônicas brasileira, a uma empresa estrangeira descomprometida com a legislação eleitoral brasileira,  composta por 3 venezuelanos e 1 português.

Aliado a recusa de impressão do voto pelo próprio TSE (só 5% das urnas terão seus votos impressos), o que desrespeita por completo a lei aprovada pelo Congresso Nacional em 2015, tornará impossível a detecção de fraude eleitoral por qualquer tipo de auditoria.

ASSISTA AO VÍDEO ATÉ O FINAL e veja a "arapuca" que estão armando para ludibriar o povo brasileiro e fraudar nossas eleições.

Nossa democracia está correndo um grande perigo. Algo precisa ser feito, caso contrário,  nossa luta terá sido em vão.

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Siga-nos no Twitter!

Mais de Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Comentários

Notícias relacionadas