Toffoli viaja para a Rússia e primeiro julgamento da Lava Jato no STF pode ser adiado

Justo agora o ministro resolveu viajar

Finalmente, após mais de quatro anos, a Segunda Turma (aquela que solta!) do Supremo Tribunal Federal começará o julgamento, no próximo dia 15 de maio, da primeira Ação Penal no âmbito da Operação Lava Jato contra um político com foro privilegiado.

Neste caso, contra o deputado federal Nelson Meurer, do Progressistas.

No entanto, o ministro Dias Toffoli não poderá estar presente, podendo adiar por mais alguns meses (se bobear, anos) esse julgamento.

Sua Excelência prefere participar do VIII Fórum Jurídico Internacional em São Petersburgo, na Rússia, onde passará quase duas semanas usando dinheiro público dos otários nacionais pagadores de impostos.

Segue o enterro.

Helder Caldeira

Escritor, Colunista Político, Palestrante e Conferencista
*Autor dos livros “Águas Turvas” e “A 1ª Presidenta”, entre outras obras.

Siga-nos no Twitter!

Mais de Helder Caldeira

Comentários

Notícias relacionadas