Pedro Lagomarcino

Advogado em Porto Alegre (RS)

O atavismo do (des)governo Temer

O (des)governo de Michel Temer continua sendo o que sempre foi, desde o seu início: o tampão de bueiro do governo mais sujo, corruPTo e inePTo que o Brasil já teve, muito bem rePresenTado pela "ensacadora de vento" Dilma Rousseff e pelo seu guru-mobralesco, já enjaulado, que atende pelo codinome Lula.

Vejam a que PonTo chegamos: o (des)governo Temer, através do Banco Central, está a permitir a circulação de cédulas, com o carimbo "LULA LIVRE".

Sabem quando isso iria acontecer em países de primeiro mundo, destaco, com credibilidade, a exemplo dos EUA, Inglaterra, Alemanha, Canadá e Japão?

NUNCA!

Aliás, nada é mais PiToresco que ver o próprio Banco Central desconhecer o que consta, de há muito, no art. 289, do Código Penal.


"""Moeda Falsa
Art. 289 - Falsificar, fabricando-a ou ALTERANDO-A, moeda metálica ou PAPEL-MOEDA de curso legal no país ou no estrangeiro:
Pena - reclusão, de três a doze anos, e multa.
§ 1º - Nas mesmas penas incorre quem, por conta própria ou alheia, importa ou exporta, adquire, vende, troca, cede, empresta, guarda ou INTRODUZ NA CIRCULAÇÃO moeda falsa.
§ 2º - Quem, tendo recebido de boa-fé, como verdadeira, moeda falsa ou ALTERADA, a RESTITUI À CIRCULAÇÃO, depois de conhecer a falsidade, é punido com detenção, de seis meses a dois anos, e multa.
§ 3º - É punido com reclusão, de três a quinze anos, e multa, o funcionário público ou diretor, gerente, ou fiscal de banco de emissão que fabrica, emite ou AUTORIZA a fabricação ou emissão:
I - de moeda com título ou peso inferior ao determinado em lei;
II - de papel-moeda em quantidade superior à autorizada.
§ 4º - Nas mesmas penas incorre quem desvia e FAZ CIRCULAR moeda, cuja circulação não estava ainda autorizada."""
A que PonTo chegamos.

É mais uma constatação que aPonTa para o óbvio ululante: PT e PMDB são "gatos do mesmo balaio".

O (des)governo Temer acabou de promover, mais uma, das já incontáveis gaiatices. Pior, conseguiu levar isso a efeito, através da instituição que deveria zelar pela circulação da moeda, quiçá, de forma minimamente decente, qual seja, o Banco Central.

Não quero ver o tamanho da linha fordista de carimbos que está por vir.

Certamente, estamos PresTes a testemunhar, um verdadeiro ode ao PiToresco e ao bizarro, que será lançado nas cédulas do Real.

É dose.

Os cidadãos brasileiros de bem não merecem isso.

Pedro Lagomarcino

Advogado em Porto Alegre (RS)

Mais de Pedro Lagomarcino

Comentários

Notícias relacionadas