Lewandowski, quem diria, vota para que Lula permaneça preso e estabelece placar de 4 a 0

O ministro Ricardo Lewandowski acaba de publicar no plenário virtual da 2ª turma do Supremo Tribunal Federal (STF) o seu voto.

Com o passado manchado pelo seu infame comportamento na votação da ex-presidente Dilma Rousseff, quando literalmente rasgou a Constituição Federal, desta feita o ministro não ousou afrontar a lei.

Lewandowski também votou contra o recurso do abobalhado Cristiano Zanin.

Lula terá que cumprir a pena.

Faltam apenas 12 anos.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça