Covardes, assessores de Lindbergh estão foragidos, após tentativa de homicídio (Veja o Vídeo)

Os dois delinquentes petistas, o ex-vereador Maninho e o seu filho Leandro Eduardo Marinho, seguranças do senador Lindbergh Farias, que no dia 05 de abril cometeram o crime de Tentativa de Homicídio contra o empresário Carlos Alberto Bettoni, estão foragidos.

A prisão preventiva foi decretada na sexta-feira (11) pela Justiça de São Paulo que entendeu que o crime foi praticado “por motivo torpe e dificultando a defesa da vítima”.

De acordo com o despacho que decretou a prisão, “mesmo com a vítima caída, com uma poça de sangue que escorria pela sua cabeça em via pública (ela parecia estar convulsionando), os réus afastaram-se do local, demonstrando frieza e total desprezo pela vida humana”.

Vale salientar que Lindbergh estava presente e nada fez para evitar o desfecho trágico.

Veja o vídeo com a reportagem sobre o assunto:

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça