Hacker que chantageou Marcela está solto e só ele sabe o segredo da 1ª dama

O homem que clonou o celular da primeira-dama Marcela Temer já deixou o presídio do Tremembé, em São Paulo.

Por ter cumprido mais de um terço da pena e por sua ‘ótima conduta carcerária’, a Justiça concedeu a liberdade condicional.

Silvonei José de Jesus Souza guarda um precioso segredo, que lhe valeu uma das mais rápidas condenações da história do Judiciário brasileiro.

Esse segredo só é conhecido por mais três pessoas, a própria Marcela, o presidente Michel Temer e o ministro Alexandre de Moraes.

Aliás, foi sua atuação neste caso que fez com que Alexandre de Moraes, então Secretário de Segurança Pública de São Paulo, virasse Ministro da Justiça e, mais tarde, Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Parece óbvio que tal segredo não se restringe tão somente a fotos de Marcela usando lingerie.

Afinal, a extorsão começou com um valor de R$ 15 mil, pago por um irmão de Marcela, passando para R$ 300 mil, quando coisas graves teriam sido descobertas por Silvonei.

Ele solto, mesmo que em liberdade condicional, há sempre uma chance maior de vazamento.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça