Procuradora diz que mãe PM agiu em LEGÍTIMA LIMPEZA (Veja o Vídeo)

A atitude da policial militar Kátia Sastre, heróica por sinal, mas que tem recebido algumas críticas de alguns setores vinculados supostamente aos ‘direitos humanos’, recebeu uma definição perfeita da procuradora de Justiça do Estado de São Paulo, Eliana Passarelli.

Para a procuradora, a ação da policial, em legítima defesa da sociedade, de mães e crianças que estavam na porta da escola, pode ser considerada como ‘Legítima Limpeza’.

De fato, haja vista a vida pregressa do bandido morto, que pode ser considerado de alta periculosidade.

Passarelli faz uma outra observação importante. O rapaz não poderia estar solto, pois, segundo ela, ‘se a primeira condenação dele ocorreu a dois anos atrás com 18 anos de idade, ele, aos 20 anos de idade, deveria ainda estar preso’.

É a constatação da deficiência de nosso sistema penal.

Veja o vídeo:

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Sociedade