Decisão de anulação do impeachment é inócua

A comissão do impeachment do senado já acatou o pedido, a votação está marcada, logo a decisão do presidente da Câmara interfere diretamente nos trabalhos dos senadores. Um absurdo!


Além disso, o recurso da AGU não tem o condão de barrar decisão soberana do plenário da Câmara dos Deputados.

Assim, a decisão do presidente interino da Câmara é um verdadeiro atentado jurídico, visando tão-somente conturbar o processo.

O presidente do Senado Renan Calheiros deverá ignorar o pedido de Waldir Maranhão, no sentido de que os autos sejam devolvidos à Câmara para nova votação.

O impeachment já avançou ao Senado, portanto nesta quarta-feira (11), os senadores decidirão sobre o afastamento por 180 dias da presidente Dilma Rousseff.

O presidente do senado deve se manifestar ainda nesta segunda-feira (9).

Vamos aguardar. 

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

                                                     https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline


Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política